Pages

8 de nov de 2009

Código de Conduta


Código de Conduta, que estreou nessa última sexta dia 06 de novembro, é um daqueles filmes onde o personagem se vinga de todos que lhe fizeram mal. No filme, a gente até torce para ele conseguir se vingar; talvez ele tenha se empolgado demais, mas um pai que perde a filha e a esposa em um assassinato em sua própria casa, até tem motivos para tanta raiva. Clyde Shelton (Gerard Buttler) perdeu sua família em um assassinato, e os bandidos foram presos. Um deles foi preso e vai pegar 10 anos de cadeia e mais a pena de morte. O outro, através de um acordo feito pela justiça e pelo advogado Nick (Jamie Foxx), foi liberado. Clyde fica revoltado com isso e desaparece. Dez anos depois, ele volta para se vingar, primeiro dos assassinos, e depois de toda a justiça federal de Chicago. E mesmo Clyde estando preso, ele consegue manter TODOS da justiça federal nas mãos dele. Até nesse ponto, o filme é muito interessante, empolgante e até torcemos para que ele consiga se vingar (até porque, a justiça federal só faz burrada com a gente). Segue-se explosões, e mortes com a mais avançada tecnologia que existe, que nem mesmo a polícia tem, só Clyde; e ainda ele faz tudo dentro da prisão. Nick e outros oficiais da justiça investigam o que ele fez e aonde ele estava durante esses 10 anos, e como ele consegue ter controle de tudo, mesmo estando na prisão, para tentar impedir que Clyde faça mais coisas. O resultado disso tudo, é como que se, tudo que ele fez, fosse em vão. Tirando essa parte, em geral o filme é muito bom, empolgando o espectador a cada vez que ele vai se vingar da justiça federal.




FOTOS:








Nenhum comentário:

Postar um comentário