Pages

27 de jan de 2010

A criança malvada do Caso 39


Nem sempre crianças são boazinhas, ainda mais no cinema. E Hollywood parece que quer mostrar que elas são do mal mesmo, infernizando a vida das pessoas.  O Exorcista, Colheita Maldita, O Anjo Malvado, A Cidade dos Amaldiçoados; e A Órfã, lançado ano passado. Esse ano estréia Caso 39 (Case 39), estrelado pela simpática Reneé Zellwegger. Ela é mais conhecida por fazer filmes de comédia e drama, mas agora, ela decidiu se aventurar no suspense e terror. Como será que foi? 

Renéé Zelwegger interpreta Emilly Jenkins, uma assistente social que ajuda casos envolvendo crianças. Ela recebe de seu chefe, o "Caso 39", de uma garotinha que está mal nos estudos e acha que os pais a maltratam. A garotinha se chama Lility, interpretada pela Jodelle Ferlland, que interpretou uma outra criança malvada, no filme Terror em Silent Hill. Lily conta à Emilly que os pais pretendem matá-la, deixando ela assustada. Emilly descobre que é verdade e consegue salvar a "pobre" criança das mãos dos pais assassinos. Após isso, Lily não tem onde ficar, e é encaminhada para adoção. Mas Lily se apegou bastante em Emilly, e vice-versa. Emilly, então, decide ficar com ela por uns tempos, até encontrar um lar definitivo para ela. Mas a menina começa a agir estranha com todos, e Emilly descobre o motivo de os pais dela terem tentado matá-la, e acaba percebendo que ela devia ter deixado isso acontecer.     

Reneé Zellwegger é mais conhecida por seus papéis em filmes de comédia, como O Diário de Bridget Jones; e em dramas, como Cold Mountain. A atriz se arriscou em fazer um filme de terror, e se saiu bem, até porque, dá para perceber um certo carisma na personagem. A interpretação de Jodelle como a criança do mal, é excelente, e em algumas  cenas ela parece falar como uma adulta. Aliás, todas as crianças malvadas atuam como se fossem adultas. Caso 39 começa mais ameno, com um pouquinho de suspense, mas lá pela metade, começa a aparecer mais tons de filme de terror, já que a "inocente" criança não é apenas uma criança. O filme não tem o final surpreendente de A Orfã, mas tem um final bom. Caso 39 é um ótimo  filme de terror, é legal ver a atuação de Reneé Zellwegger em um filme de terror. E também para ver mais uma grande atuação de uma atriz mirim, ainda mais que ela é malvada. E cuidado, a pequena Lily não é apenas uma criança, ela pode ser muito mais do que isso.














Nenhum comentário:

Postar um comentário