Pages

3 de fev de 2010

O botão da caixa misteriosa


Imagine isso. Você e sua família estão com problemas financeiros. As coisas começam a dar errado na vida de vocês; e vocês acham que está tudo perdido. Mas dai, a campainha da sua casa toca. Uma caixa é deixada em frente à sua porta. Você abre e encontra uma caixa de madeira, com um botão para apertar. Um cara misterioso e com a cara deformada aparece, e diz: se vocês apertarem o botão, duas coisas vão acontecer. Primeiro, em algum lugar do mundo, alguém que vocês não conheçem, irá morrer. Segundo, vocês receberão um pagamento de 1 MILHÃO DE DÓLARES. Vocês tem 24h para decidir o que fazer. E aí, o que você faria? 

Esse é a história, e o ponto de partida, do suspense de ficção A Caixa (The Box). Estrelado por Cameron Diaz e James Marsden, A Caixa nos leva para uma história repleta de mistérios, cenas estranhas e confusas, e a um final intrigante. Diaz interpreta Norma Lewis, e Marsden interpreta Arthur, um casal normal, com um filho pequeno. Arthur trabalha na NASA, e Norma é professora de uma escola, a mesma onde seu filho estuda. Logo no início do filme, eles já recebem a caixa, deixada misteriosamente na porta de sua casa. Sem saber o que significa, eles deixam a caixa em casa, e vão seguir suas rotinas diárias. Mas as coisas começam a dar errado financeiramente para ambos, causando preocupação no casal. Mais tarde, eles recebem a visita do dono da caixa, que explica a situação: se eles apertarem o botão da caixa, alguém irá morrer, e receberão 1 milhão de dólares de recompensa. O misterioso dono da caixa, interpretado por Frank Langella, dá a eles 24h para pensar. Nesse tempo, eles analizam tudo; e o resultado disso: Norma aperta o botão. Conforme o combinado, eles recebem o dinheiro prometido e a vida continua. Mas coisas estranhas, misteriosas e inimagináveis começam a acontecer, fazendo com que eles se arrependam de ter apertado o botão.

A Caixa começa como um filme de suspense. Mas a medida que a história se desenrola, e as coisas estranhas, e absurdas e estranhas novamente, acontecem, o filme alcança outro gênero: ficção. Mesmo assim, o mistério continua ao longo do filme, aumentando a curiosidade do espectador para saber o porque dessa estranha caixa. Chegando ao final desse mistério, A Caixa resulta num final, talvez não surpreendente, mas intrigante, nos fazendo pensar nas nossas decisões do dia-a dia, e como elas podem gerar resultados ruins para nós. Muita gente não vai gostar do filme porque o enredo se mistura com a fantasia e a ficção. Mas isso não torna o filme chato, apenas mais interessante, e diferente de todos os filmes que estamos acostumados a ver, que convenhamos, é quase tudo a mesma coisa













Um comentário:

  1. odiei esse filme... passa de mistério à ficção cientifíca do nada, em uma busca desesperada para explicar quem eram as pessoas por trás da 'caixa'.

    ResponderExcluir