Pages

30 de mar de 2010

De volta ao abismo


Em 2005, lançado no Brasil em 2006, estreava um filme que agradou a crítica e fãs de filmes de horror: Abismo do Medo (The Descent). O interessante do filme, era o fato de que todos os personagens são mulheres; apenas um homem aparece no início, e logo morre. Além disso, a extrema violência nas cenas chamou também a atenção. Passado cinco anos, é lançada a continuação. Para ver Abismo do Medo 2, é melhor assistir o primeiro para entender; até porque, o primeiro filme é muito superior ao segundo (como sempre).  

Após sobreviver ao ataque dos mutantes na caverna, Sarah (Shauna McDonald), do primeiro filme, foge da caverna e corre pela floresta, e acaba encontrando um velho dirigindo um carro. Nesse meio tempo, uma equipe de buscas está procurando as amigas que desceram para a caverna. A polícia quer de tudo achar as meninas, e eles decidem voltar para a caverna e pedem para Sarah, que acabou de sair de lá. Primeiro, eles suspeitam que Sarah matou as garotas, mas logo que eles começam a se perder, os mutantes sem visão começam a matar um a um, mudando a opinião deles sobre Sarah.

Para quem gostou da extrema violência do primeiro filme, pode ficar feliz que elas estão de volta nessa sequência. Abismo do Medo 2 não consegue superar o primeiro filme, mas mesmo assim consegue ser tenso e rende até piadinhas com a famosa cena da piscina de sangue do primeiro filme: nesse segundo, as protagonistas caem em uma piscina de merda. Fica meio estranho a personagem Sarah voltar, logo depois de ter saído da caverna, mas se torna interessante porque a equipe consegue ainda encontrar os corpos das jovens que morreram no primeiro filme; e ainda encontram Juno (Natahlie Jackson Mendoza), também do primeiro filme, que era para estar morta. Apesar da história de ela voltar para a caverna não ser tão convicente, o filme fica bom, violento, sanguinário, cenas tensas de claustrofobia, parecidas com as do primeiro filme. Tudo parece estar bem no filme, e Abismo do Medo 2 consegue não ser uma sequência ruim, até que, a última cena aparece. A cena final é idiota, sem sentido, não tem nada haver e não poderia acabar pior. Siga o meu conselho: assim quando a unica personagem que consegue sair viva de lá (não falarei qual HAHAHA), pare o filme e pronto. É só um conselho, se quiser pode assistir a cena, mas depois não diga que não avisei. Mas tirando essa cena final desnecessária, o filme é muito bom e tem os mesmos elementos do primeiro filme, citados anteriormente. 










Nenhum comentário:

Postar um comentário