Pages

8 de jul de 2010

A Terra é dos zumbis


Os filmes zumbis retornaram com força nos anos 2000, impulsionados pela adaptação de videogame, Resident Evil - O Hóspede Maldito. Os filmes zumbis sempre apresentaram carnificina, sangue, tiros e pancadas, sempre com tons de terror, e trash também, que é o caso de Planeta Terror, dirigido por Robert Rodriguez. Em Zumbilândia, todos esses elementos estão presente, só que ao invés do terror, entra no lugar a comédia e o humor negro.

O filme acompanha quatro personagens, que aos poucos vão se encontrando em Zumbilândia, (Zumbilandia é o nome que dão ao planeta Terra, que agora é completamente cheia de zumbis). Columbus (Jesse Eisenberg) é um nerd com medo de palhaços que sabe como sobreviver em zumbilândia. No caminho, ele encontra Tallahassee (Woody Harrelson), dirigindo um carro preto. Columbus pede carona para ir até a cidade dos pais dele, e no caminho, eles conhecem duas irmãs: Wichitta (Emma Stone) e Little Rock (Abgail Breslin, a garotinha de Sinais e Pequena Miss Sunshine). No início, os quatro não se dão tão bem, até porque, as duas irmãs "roubam" tudo que os dois caras tem, mas depois, todos percebem que, de alguma forma, eles são orfãos, e que eles próprio são à unica família que eles tem.

Zumbilândia tem cenas super engraçadas e piadas inteligentes, no meio da carnificina, sangue e violência; mas não chega a ser como os filmes de terror. Agora me diz, quais são os nomes dos personagens? De fato, ninguém sabe, nem os próprios personagens; porque eles se chamam de acordo com o lugar de onde eles vieram: o personagem de Jesse Einseberg por exemplo, Columbus, veio de Columbus, e assim é com todos os personagens. Um outro fator diferencial em Zumbilândia, é o humor; e isso acontece durante o filme todo; até a forma como eles matam os zumbis chega a ser engraçada: numa cena, Tallahassee chama os zumbis tocando um tipo de violão, e mata os zumbis com o mesmo violão. As personagens Littlee Rock e Wichitta aprontam um monte com os dois, e não se deixa passar um breve romance que acontece entre Columbus e Wichita, onde ela acaba revelando o verdadeiro nome para ele. Além disso, Columbus nos ensina como sobreviver em Zumbilândia, com regras básicas de sobrevivência. O drama também aparece mais para a metade, quando aos poucos, os personagens vão se conhecendo, descobrindo o porque estão sozinhos, mas sem nenhum deles sabe o nome de cada um. E também, quando eles se dão conta de que eles mesmos são a única família que têm. Ah, não se pode esquecer da participação super especial e maravilhosa de Bill Murray, interpretando ele mesmo no filme. Os quatros sobreviventes chegam em Hollywood e se hospedam na mansão de Bill Murray, achando que ele tinha virado um zumbi. Lá, eles acabam encontrando o ator, que os hospede lá com o maior carisma, e até ensaiam cenas do filme Gohstbusters. Aliás, a cena do Bill Murray, apesar de curta a sua aparição, é extremamente engraçada e chocante no final. Zumbilândia é um prato cheio para quem gosta de humor e comédia, e até para quem não gosta de filmes de zumbis, por ter cenas engraçadas e piadas inteligêntes e perfeitas para cada cena. Rizadas e diversão são garantidos nesse "terrir".


















Um comentário:

  1. Cara, achei o blog por um acaso, e vi o teu comentário, realmente esse não seria um filme que eu veria muito facilmente. A princípio nenhum atrativo, mas resolvi apostar e, REALMENTE NÃO ME ARREPENDI. Hehehe
    Muito bom mesmo, tem um senso de humor que eu ainda não tinha visto. E quanto ao Bill:
    -Desculpem, mas eu achei engraçado... Mas ainda sim é triste. :T
    UHAEuahuAEHUAEHUAHHEAHUAEHuAEHhuAEHuaehe

    Valeu pela dica cara! (y)

    ResponderExcluir