Pages

30 de ago de 2010

Adultos, mas nem tanto!


Adam Sandler, Chris Rock, Kevin James, Rob Schneider David Spade, Salma Hayek, Maria Belo e Maya Rudolph vão mostrar o seu lado criança, e imaturo, durante o feriado de 4 de julho, na comédia Gente Grande (Grown Up, 2010). Eles revivem as suas lembranças de quando eram menores, e mostram que não se deve nunca deixar de ser criança; e que se deve esquecer os problemas e  se divertir. Adam Sandler e Kevin James já foram "casados" na comédia Eu os Declaro, Marido e... Larry; Adam Sandler também trabalhou com Rob Schneider em Como Se Fosse a Primeira Vez.  

O filme começa mostrando os protagonistas na pré-adolescência, quando os garotos jogavam basquete e participavam de campeonatos. Depois, o filme pula uns 20 anos, e mostra todos os garotos, já adultos, casados, com filhos e cada um com sua profissão. Todos eles perderam o contato um com o outro; e ainda, o treinador deles morreu, e todos foram chamados para o funeral dele. É no funeral do treinador que eles se reencontram, e passam o feriado de 4 de julho numa casa, em um lago, onde eles mesmos passavam as férias quando eram menores. E nesse "reencontro", eles vão lembrar dos tempos do colégio, e voltarão a ser crianças, passando por várias confusões.


Gente Grande é uma comédia que mostra que não precisa crescer para deixar de ser criança, ainda mais quando estão reunidos todos os amigos do tempo de infância. E já no funeral, percebe-se isso: embora tenham crescidos, o lado criança deles aparece, junto com o sarcasmo e piadas idiotas, mas engraçadas. Cada um deles casou, teve filhos, e seguiu um caminho diferente; apenas o personagem de David Spade, Marcus, que não fez nada disso. E todos os amigos passam o feriado de 4 de julho, numa casa, em um lago, junto com suas esposas e os filhos. E chega um momento em que os papéis se invertem: os filhos deles se tornam os adultos. Uma das coisas interessantes no filme, é o conflito de geração que aparece: os pais quando eram crianças, ficavam brincando na rua, no lago, na floresta, enquanto os seus filhos, nos dia de hoje, ficam só na frente do computador e do videogame. Mas isso nao demora muito para mudar, e logo, todos começam a se divertir da mesma forma. Além disso, a sintonia entre os atores é maravilhosa e engraçada, parecendo mesmo que eles eram amigos de infância; e de fato até são, mas não de infância, e sim, colegas e amigos de atuação. A imaturidade e a implicância dos personagens também aparecem, principalmente quando eles encontram alguns "amigos" que odiavam durante a infância. Até a ala feminina solta o seu lado criança, mas só lá pela metade do longa, principalmente a personagem de Salma Hayek, que estava super adulta até um certo ponto do filme.

De uma forma geral, Gente Grande é uma ótima comédia sobre amigos que se reencontram, e que resolvem passar um fim de semana juntos para relembrar os velhos tempos, e é de se esperar certa imaturidade e atitudes de criança. Mas isso não é mostrado tão exageradamente. O filme não tem grandes conflitos e nada de interessante em relação a isso, mas o filme diverte um monte e dá para rir e se divertir em várias cenas engraçadas e constrangedoras. Um elenco de atores super engraçados, que já tem uma certa afinidade por terem trabalhados juntos em outros filmes, resulta numa comédia divertida, com piadas engraçadas e toscas. Mas mesmo assim, o filme não surpreende muito. Gente Grande estréia dia 24 de setembro nos cinemas do Brasil.

















Um comentário:

  1. Vi há uns dias os actores deste filme a falarem num programa de televisão sobre esta história e pareceu-me muito interessante. Mal possa vou ver!!

    ResponderExcluir