Pages

10 de ago de 2010

Ninguém segura Angelina Jolie!


Angelina Jolie mostra que é uma mulher durona e difícil de ser domada, no filme de ação Salt (Salt, 2010), primeiro filme que ela fez depois do nascimento dos seus gêmeos. O papel de Salt foi originalmente feito para Tom Cruise interpretar; mas como ele estava envolvido na produção de Encontro Explosivo, ele teve que recusar o papel. Salt é uma versão feminina de A Identidade Bourne, envolvendo a CIA, espionagem, traições e altas perseguições e cenas de ação intensas. 

Jolie interpreta Evelyn Salt, uma agente da CIA com um passado misterioso. Um desertor russo aparece e revela segredos escondidos desde a Guerra Fria. Ele menciona num programa secreto russo, o KA-12, que treina crianças para se infiltrarem nos EUA para organizar um ataque no país; e termina dizendo que uma agente russa chama Evelyn Salt, irá destruir o seu próprio presidente russo, durante o funeral do vice-secretário de defesa dos EUA. Mas ei... Evelyn Salt é a personagem de Angelina Jolie. Com isso, Evelyn se sente ameaçada e pressionada pelos seus colegas da CIA, e está muito preocupada com o seu marido, forçando ela a usar suas habilidades como agente secreto para escapar, encontrar o seu marido e tentar provar sua inocência. A questão do filme é: será que Evelyn Salt é uma espiã russa? Salt é inocente?   

Salt tem cenas de perseguição e ação uma atrás da outra,  uma mais empolgante que a outra, mostrando a boa forma e as habilidades de Angelina Jolie nos filmes de ação, que convenhamos, ela dá de dez a zero em vários atores que fazem os filmes do gênero. E não é pouca ação não, é realmente uma atrás da outra, e a atriz fez a maioria das cenas de ação de sua personagem. Além disso, é complicado pegar a fera, já que ela usa suas habilidades para  escapar de todos. Salt pode ser dividido em duas partes (e eu pensei que o filme estava quase terminando), e a revelação sobre Salt, se ela é ou não uma espiã russa, é mostrada logo na metade do longa. Mas isso não atrapalha no resto do filme, e independente de qual lado Evelyn está, ela não confia em ninguém. Além das altas cenas de ação, o filme ainda tem mudanças e revelações surpreendentes, tanto entre os personagens, quanto na trama.  Porém, essas revelações e mudanças confundem um pouco a cabeça do espectador, pelo menos a minha confundiu. Mas nada que atrapalhe o divertimento. As cenas de ação não chegam a ser forçadas, já que ela é uma agente da CIA, e possivelmente uma espiã russa, mas são bem intensas e um pouco fantasiosas, mas dentro do normal dos filmes de ação de Hollywood. O motivo de toda a correria é por causa que querem matar o tal presidente russo. Conseguindo, ou não, logo após isso, o filme toma outro rumo na história, que ninguém pensava que ia ter; por isso que eu disse antes que o filme pode ser dividido em duas partes. Além disso, o filme termina deixando uma história para uma continuação. Mesmo quando as duas partes se resolvem, surge uma nova parte, uma terceira. Será que teremos Salt 2? Motivos até tem para ter uma continuação de Salt; mas tem que ser muito bem trabalhada. E pensando dessa forma, será que Salt pode ter uma trilogia, assim como a trilogia do Jason Bourne?  Ambos os filmes tem algumas semelhanças, mas são bem distintas uma da outra. Salt é um ótimo filme de ação, com perseguições e cenas de ação intensas do início ao fim, e com pouco tempo de pausa entre as correrias. E claro, tendo a super Angelina Jolie, já vale o ingresso. 



TRAILER 1



TRAILER 2 


















Nenhum comentário:

Postar um comentário