Pages

1 de fev de 2011

Se escondendo na luz


Mistério da Rua 7 (Vanishing on 7th Street, 2010), estrelado por Hayden Christensen, Thandie Newton e John Leguizamo, tem tudo para ser um ótimo filme, interessante e assustador; mas o filme só consegue ser interessante e um pouco assustador. Não tem nada de inovador e é cheio de clichês, sendo apenas mais um filme sobre "assombrações". Mas tá bom, não é tão ruim e tem vários pontos positivos. A história mostra um grupo de pessoas que tem que fugir da escuridão, e se esconder na luz (geralmente é ao contrário, não é?).


Um apagão geral acontece na cidade de Detroid e todos desaparecem. Luke (Hayden Christensen) acorda e não encontra ninguém na rua, somente as roupas das pessoas. A mesma coisa acontece com a médica Rosemary (Thandie Newton) e Paul (John Leguizamo), que trabalha em um cinema. Eles se encontram em um bar, e junto com um garotinho chamado James (Jacob Latimore), eles descobrem que podem ser os únicos sobreviventes da cidade. No meio da escuridão, eles acabam descobrindo que estranhas presenças se escondem na escuro, fazendo as pessoas desaparecerem, e juntos eles tem que tentar fugir da cidade.



Mistério na Rua 7 não tem nada de inovador, além de ser um filme parecido com os filmes sobre "fantasmas" do gênero; só que agora, ao invés de passar em lugares mal assombrados, a história de passa nas ruas da cidade de Detroid. Os personagens começam a história separados, cada um em algum lugar da cidade, e por algum motivo, eles acabam se encontrando no mesmo lugar. Todos ficam com medo e se perguntam o porque eles estão vivos e os outros não. O filme toca em assuntos religiosos, tentando explicar os motivos do porque "eles" foram os escolhidos para sobreviver, que aliás, não é nada disso, e está muito óbvio do motivo. Durante o filme, eles têm que se preocupar com a escuridão, que mata as pessoas, e também, as ilusões que a própria faz para nos enganar.



O filme é interessante no suspense e na criatividade de usar a escuridão na cidade, que foram vistos apenas em Terror em Silent Hill, e No Cair da Noite (Darkness Fall). O longa foca bastante em lugares escuros e sombrios, além de mostrar a cidade vazia várias vezes. A forma como mostra as pessoas desaparecendo também é bem interessante e assustador. Outra coisa legal do filme, são as criaturas: o diretor usou a própria escuridão como o personagem que faz desaparecer as pessoas. Pelo que o filme mostra, parecem ser sombras de pessoas, mas também parece uma nuvem preta chegando. Toda essa escuridão, lugares vazios e assustadores dão um clima de terror ao longa. Mas Mistério na Rua 7 acaba e não explica quem são as criaturas e o motivo de tudo estar acontecendo. Simplesmente acaba, SEM NENHUMA EXPLICAÇÃO, e tem um final tosco, que se a gente tivesse no filme, íamos  nos sentir idiotas; e o final deixa uma brecha para uma continuação, que espero que não tenha. 


No fim, Mistério da Rua 7 é apenas mais um filme que não acrescenta nada de diferente, sendo apenas um divertimento para levar alguns sustos e ficar tenso. Então, não espere um excelente filme, pois no máximo, é interessante. O filme estréia em Março desse ano. 















Nenhum comentário:

Postar um comentário