Pages

2 de mar de 2011

Seguir com a vida


INDICADO AO OSCAR DE MELHOR ATRIZ  
NICOLE KIDMAN

Perder algum parente próximo é a pior coisa do mundo, e os momentos após isso são ainda piores. Quando a gente olha para algum objeto da pessoa, lembramos daquele momento que a pessoa usou, e rapidamente flashes passam pela nossa cabeça, que nos fazem ter mais saudades e ficar cada vez mais presos nas lembranças. Mas chega uma hora que temos seguir adiante e deixar para trás. Reencontrando a Felicidade (Rabbit Hole, 2011), estrelado por Nicole Kidman e Aaron Eckhart mostra exatamente essa fase da vida, de deixar o passado e as lembranças em segundo plano, e seguir adiante com as vidas. Nicole Kidman foi indicada ao Oscar desse ano pela sua atuação nesse filme. 


Beca (Nicole kidman) e Howie (Aaron Eckhart) perderam seu filho de quatro anos num acidente em frente a sua casa: um garoto chamado Jason o atropelou, acidentalmente. O filme começa meses depois disso, mostrando como o casal ficou após o acidente. Beca não consegue deixar de lado sua raiva e se torna um pouco agressiva com as pessoas, falando e fazendo o que não devia, e começa uma amizade com Jason, o garoto que atropelou o seu filho; Howie fica preso nas lembranças de seu filho através de gravações feitas. Mas tudo chega a um limite, e eles precisam decidir o que fazer sobre isso, antes que o casamento deles acabe para sempre. 


Reencontrando a Felicidade passou bem despercebido na cerimônia do Oscar esse ano. E acredito que o filme merecia mais destaque; mas pelo menos reconheceram o talento de Nicole em sua atuação nesse filme. Nicole kidman mostra aquele seu jeito exagerado de atuar em dramas de uma forma que deu super certo com o filme: grita, esperneia, fala e faz coisas exatamente como alguém age quando passa por uma situação assim. O semi desconhecido Aaron Eckhart também esteve bom em seu papel de um pai mais calmo, que consegue lidar melhor com a situação, embora as vezes nem ele consiga. Aliás, isso é uma coisa que o filme passa: quem será que está lidando melhor com a situação? Beca ou Howie? As vezes parece que Beca está bem, mas as vezes parece que Howie está lidando melhor com a situação. E quem merecia destaque também no Oscar, pelo menos uma indicação de atriz coadjuvante, é a veterana Dianne Weist, que interpreta a mãe de Becca. Ela também perdeu seu filho, que era drogado, e apesar de ela estar bem quieta no filme, ela consegue brilhar nas poucas cenas em que seu personagem aparece. Mas claro, o destaque mesmo fica para a Nicole Kidman, que sempre está ótima nos seus filmes, mesmo fazendo filmes chatos ultimamente. 


O desenrolar da história é bem interessante, muito bem contado, e nos leva à situações diferentes de filmes do gênero, como por exemplo, a amizade que Beca faz com o garoto que atropelou o seu filho. As cenas mais bonitas do filme são quando ela vai no parque para conversar com ele, e dai nós descobrimos porque o titulo do filme, em inglês, Rabbit Hole. Reencontrando a Felicidade é um filme melancólico, triste, com cenas fortes e tensas, mas um pouco parado, mas consegue transmitir todo o sofrimento que os personagens passam. E claro, vale a pena só pela atuação de Nicole. E ainda passa uma mensagem, uma das mensagens, muito bonita e que é uma parte fundamental para seguir com a vida: perdoar o outro, mesmo tendo feito algum mal. Reencontrando a Felicidade estréia dia 06 de maio nos cinemas brasileiros.










2 comentários:

  1. Adorei demais esta postagem, muito bom este filme pelo jeito, quero ver em breve.
    Clayton - http://filmeparabaixar.org

    ResponderExcluir
  2. Muito bom filme, eu adoro o trabalho de Aaron Eckhart. Quando leio que um filme será baseado em fatos reais, automaticamente chama a minha atenção, adoro ver como os adaptam para a tela grande. Particularmente Sully Filme adorei, o elenco é maravilhoso. A história é impactante, sempre falei que a realidade supera a ficção.

    ResponderExcluir