Pages

31 de mai de 2011

A Garota da Capa Vermelha


Todas as críticas falaram isso que vou dizer agora, apesar de não ser tanto assim, mas é. Catherine Hardwick na direção; um triângulo amoroso; garota apaixonada pelo, que parecer ser, o malvado da história;  cenas românticas; lendas e maldições; florestas. Só falta um vampiro e um lobo, mas né, já tem lobo na história. A Garota da Capa Vermelha (Red Riding Hood, 2011), que está sendo considerado uma "versão dark" do conto infantil Chapéuzinho Vermelho, tem muitas semelhanças com Crepúsculo - começando pela diretora - e que é na  verdade, uma homenagem à história da Chapéuzinho. No elenco está a belíssima - que sou super fã - Amanda Seyfried (Mamma Mia, O Preço da Traição, Cartas para Julieta, Garota Infernal), que vive a protagonista. Gary Oldman, Shiloh Fernandez, Max Irons, Virgínia Madsen e Julie Christie completam o elenco. 

O filme se passa a séculos atrás, na pequena vila de Daggerhorn, que sempre esteve amedrontada pela aparição do lobo mau que ronda o lugar. Depois de 20 anos na mesma, o lobo ataca uma garota que vive na vila, a irmã de Valerie (Amanda). Valerie é apaixonada pelo carpinteiro  Peter (Shiloh Fernandez), mas está destinada a casar com um cara mais rico, Henry (Max Irons).  Após vários ataques, surge o padre Solomon (Gary Oldman), que faz uma revelação que mudará o pequeno vilarejo para sempre: o lobo mau é um dos habitantes da vila. A partir daí, começam as desconfianças um do outro, até que descobrem que o lobo está atrás da garota da capa vermelha (muito óbvio), e ao comando do padre, todos da vila terão que se unir para livrar o lugar das garras do lobo mau.


Apesar de muitas referências, A Garota da Capa Vermelha não é uma "versão dark" da história da Chapéuzinho Vermelho. As referências com Crepúsculo são muito óbvias e extremamente visíveis, mas muito melhores do que a própria. Apesar de parecer ter sido filmado em um teatro (falaram que foi mais ou menos assim), o filme tem um excelente figurino e uma boa fotografia, capturando bem a atmosfera sombria que o filme quer passar; sem falar que ficou muito bem feita a representação da cultura e do cenário medieval da vila. A Garota da Capa Vermelha tem bastante informações sobre descendentes amaldiçoados, lendas, superstições e maldições, bem no estilo de outras histórias do tipo. Ainda tem o triângulo amoroso entre Valerie, Peter e Henry, que não é enrolado como a saga Crepúsculo (UFA!), onde o trio chega a um consenso sem que os machos lutem um contra o outro. 


Com disse, não tem nada a ver esse filme com o conto da chapéuzinho, aliás, poderia nem ter a capa vermelha e a cesta que a personagem carrega, pois não faria nenhuma diferença. As lendas e maldições que aparecem no filme, assim como o cenário medieval e a vila, já foram vistas em vários filmes. Não é uma das melhores atuações de Amanda Seyfried, mas ela conseguiu mostrar o lado puro e o lado impuro da personagem, sem falar que ela estava linda com a capa vermelha. Gary Oldman está super chato e em uma de suas piores atuações (diferente de Marcia Gay Harden em O Nevoeiro, que também estava chata). E com certeza, os dois atores que interpretam Peter e Henry, o namorado e o amante, ou vice-versa, estão bem melhores do que Jacob e Edward. Na história, o lobo mau é um dos habitantes da vila, e a gente tem que descobrir quem é o bicho; Valerie e os dois namorados dela também são suspeitos, e até a vovózinha é suspeita de ser o lobo mau (faz sentido até, não faz?). Quem será que é? 


O filme todo é interessante e bem bolado, mas deixa a desejar na revelação sobre o lobisomem, que apesar disso, está bem colocado com a cultura da história do filme. A Garota da Capa Vermelha não é um péssimo filme, mas está longe de ser uma versão dark da chapéuzinho vermelho; no máximo é uma homenagem; sem falar que a diretora não se definiu se é Crepúsculo ou chapéuzinho vermelho. Talvez os dois? A Garota da Capa Vermelha não foi muito bem nas bilheterias, e não conseguiu arrecadar o total gasto com o filme: custou $42 milhões, faturou 36 milhões nos EUA, mas se salvando no resto do mundo, totalizando $89 milhões.

PS: Falei muito em versão dark, porque está confirmado uma nova versão, dark, de duas outras histórias infantis: Branca de Neve e os Sete Anões, e O Mágico de Oz, que se passará antes da do clássico filme. 












6 comentários:

  1. Amooooo!!!!
    O lobo é o pai da Valerie.
    AAAAAMMOOOO MT O FILME

    ResponderExcluir
  2. legalll é muito legal

    ResponderExcluir
  3. É muito show esse filme,e o lobe é o pai dela :O

    ResponderExcluir
  4. Gente , alguém sabe me dizer qual é o nome do menininho que faz o papel do Peter na infancía ?

    ResponderExcluir