Pages

25 de jun de 2011

VovóZona em ação, novamente!


Quando estreou nos cinemas em 2000, Vovó Zona foi um sucesso de bilheteria e arrecadou risadas do público ao mostrar um agente do FBI se disfarçando de uma "enorme" vovó. Após um segundo filme mais ou menos, eis que surge um terceiro filme tentando se igualar entre as comédias de sucesso da atualidade. Vóvó... Zona 3: Tal Pai Tal Filho (Big Momma's: Like Father, Like Son, 2011), não se sai tão bem, repetindo as mesmas piadas e repleto de clichês, tentando cativar o público jovem da atualidadeMartin Lawrence retorna ao papel da vovózona, junto com Brandon T. Jackson (de Percy Jackson: O Ladrão de Raios).

O agente do FBI Malcon (Lawrence) está em uma missão, e seu enteado Trent (Jackson), se mete no meio e acaba presenciando um assassinato, tornando ele alvo dos assassinos. Para protege-lo, Malcon se transforma na querida VovóZona, e Trent acaba sendo sua sobrinha, Charmaine Daisy Pierce, e acabam se escondendo na escola de artes para garotas, que tem haver com o crime. Vovó Zona se torna a governanta de um dos dormitórios, e começa a investigar sobre o caso, e Charmaine ingressa como nova estudante. 


Piadas repetidas, com algumas cenas engraçadas; tiroteios e perseguições fracas; drama familiar típico. Vovó... Zona 3 é bem inferior aos seus antecessores, mas consegue tirar algumas gargalhadas, tudo por causa da querida e carismática vovózona com seus conselhos nada sutis. Um novo personagem entra na história, o enteado de Malcon, Trent, que se torna Charmaine Daysi Pierce, que parece ficar mais bonita que a sua avóO roteiro pega elementos da série musical Glee: Trent quer se tornar Rapper, e acaba indo parar numa escola de artes onde mais garotas cantam e dançam; além de semelhanças com o filme As Branquelas. Ainda tem um típico drama familiar, presente em vários filmes: o pai que quer um futuro para o filho, mas ele quer outra coisa: Trent quer ser Rapper, mas seu pai quer que ele vá para faculdade 


Na história, ainda temos personagens bastante estereotipados: garotas querem ser magras e as indiferenças com as mais gordinhas; as "rainhas" que comandam tudo; bandidos estrangeiros, garotas universitárias que aparentam ser burras e ingênuas, misturadas num roteiro batido e sem idéias novas. A diversão fica por conta das confusões dos dois personagens, e claro, o humor e as idéias loucas da querida vovózona; além de que tanto Trent quanto Malcon estão super bem nos disfarces, e apesar das piadas repetidas, eles estão super engraçados. Não é o melhor filme da série e nem uma das melhores comédias do ano, mas para quem viu os outros dois filmes, é interessante assistir essa terceira parte, até para ter sua própria opinião. Vovó... Zona 3 não fez o sucesso de seus antecessores, além de ter sido massacrado pela crítica: faturou apenas US$ 37 milhões nos EUA, somando US$ 82 milhões mundialmente, enquanto o primeiro Vovó Zona faturou mundialmente US$ 173 milhões, e US$ 117 milhões nos EUA.










Nenhum comentário:

Postar um comentário