Pages

24 de fev de 2012

A vida após 11 de setembro


2 INDICAÇÕES AO OSCAR: MELHOR FILME E MELHOR ATOR COADJUVANTE

Contrata dois atores premiados do cinema, uma criança, um roteiro excelente e um fato real; junte, e você terá um filme extremamente poderoso: Tão Forte e Tão Perto (Extremely Loud and Incredible Clouse, 2011). Dirigido por Stephen Daldry (As Horas, Billy Elliot e O Leitor), Tão Forte e Tão perto nos apresenta uma comovente história de um garoto em busca de uma resposta, ou solução, para desvendar um mistério, ou uma saída, para a sua tristeza após a perda de seu pai no maior atentado terrorista da história mundial. No elenco estão Sandra Bullock, Tom Hanks, Max Von Sydow, Thomas Horn, Viola Davis e John Goodman

Oscar (Thomas Horn) perdeu seu pai, Thomas Schell (Tom Hanks), nos atentados de 11 de setembro nas Torres Gêmeas. Um ano depois, Oscar encontra uma chave no armário de seu pai,  e decide ir em busca da fechadura pela cidade de Nova York, onde acaba conhecendo várias pessoas que podem saber algo sobre essa misteriosa chave. 


Tão Forte e Tão Perto já entrou na lista dos meus filmes preferidos. É um filme tocante, comovente, com uma história triste e com aqueles ditados que sempre fazem sentido. Todos os atores estão maravilhosamente extraordinários, mas a grande revelação do filme é a atuação de Thomas Horn, que interpreta o garoto em busca da fechadura da misteriosa chave. Seu personagem é extremamente chato e irritante, mas não conseguimos sentir empatia com ele. As cenas que ele fala rápido; as cenas que ele fica revoltado com a perda de seu pai; as cenas quando ele fala com as pessoas; seus olhares; suas reações. Sua atuação é impressionante e tocante, e passa para o espectador todo o drama de seu personagem de uma forma assustadora. É uma atuação de gente grande. Max Von Sydow, que interpreta o misterioso "inquilino", foi indicado ao Oscar de ator coadjuvante por sua atuação. Em uma determinada parte do filme, ele parte em busca da fechadura com o garoto, resultando nas cenas mais engraçadas do longa. O personagem é mudo e escreve em seu caderno tudo o que ele fala. Sandra Bullock aparece bem pouco na trama, mas o pouco que aparece consegue chamar a atenção do espectador. Oscar era  mais ligado em seu pai, e a relação de Linda Schell (Sandra Bullock) com seu filho, após a morte de Thomas, piora, fazendo o garoto se afastar de sua mãe cada vez mais quando parte em busca do segredo da chave. As cenas das discussões e brigas de Linda com seu filho são comoventes, e dos dois juntos em cena é de arrepiar. A parte final quando Linda faz uma "revelação", é sensacional. E Tom Hanks, que aparece pouquíssimo no filme, mas consegue comover o espectador com as cenas juntas com o seu filho. Thomas atiça o seu filho com perguntas e com o espírito de investigação, fazendo o garoto se tornar inteligente ao buscar as respostas dos enigmas. 


O roteiro de Tão Forte e Tão Perto é um dos mais interessantes que eu já vi, prendendo a atenção do espectador na busca pelo segredo da chave. Através da curiosidade que Thomas deixava para o seu filho, Oscar encontra uma chave em um envelope, com uma palavra: "Black". Decidido que a palavra é o sobrenome de alguma pessoa, ele parte em busca de todas as pessoas com esse sobrenome que moram em Nova York. Cada pessoa que ele visita, tem uma história, um drama, e alguns, uma perda. E é nisso que o roteiro se baseia durante suas duas horas de duração. Ao mesmo tempo, o filme recria as situações e imagens dos atentados às Torres Gêmeas no fatídico dia 11 de Setembro, que surgem entre as lembranças de Oscar com seu pai. Ainda, o roteiro é repleto de detalhes extraordinários e que deixam o filme ainda melhor e que fazem todo o sentindo ao desenrolar da história, ajudando a tornar Tão Forte e Tão Perto um filme imperdível. Oscar parte em busca da fechadura da chave, esperando encontrar uma mensagem de seu pai. Mas será que a simbologia que a chave apresenta, é realmente essa? Será que ele vai encontrar? Junte as peças do filme, e descubra. 



Prepare-se para uma história extremamente impressionante, tocante, comovente, sensível e repleto de surpresas. Tão Forte e Tão Perto é mais do que um filme sobre os atentados de 11 de setembro, é uma história que mostra o resultado do ataque terrorista na população de Nova York, especialmente daqueles que perderam algum parente nesse incidente, que nesse filme, é representado por uma simples família. É um filme forte onde cada detalhe tem ligação com a parte final. SPOILER A parte quando Oscar ouve a última ligação de seu pai, no dia do desastre, e logo quando cai a ligação, o prédio das Torres Gêmeas desmorona, é de arrepiar. SPOILER. Tão Forte e Tão perto é um filme imperdível; não deixe de assistir, até porque, Sandra Bullock e Tom Hanks no mesmo filme, NOSSA.  Acho que deveria ter sido indicado na categoria de Roteiro Adaptado também. 
















4 comentários: